Tag Archives: livro

Citação minha em livro de Brendan Myers

23 jan

A internet opera verdadeiros milagres quando falamos de distância.

Existem pessoas que admiramos muito, pelo trabalho e estudos que desenvolvem, e quando vemos, eles estão em nossa lista de contato de facebook, twitter, ou outro mecanismo de rede social qualquer. E a partir daí, se todos os lados possuem boas idéias e papos saudáveis, sempre há muito o que compartilhar.

Em 2009, publiquei eu meu outro blog Hectic Attic , um texto sobre o que eu penso das Saudades, e uma poesia do mesmo nome.

Ao mesmo tempo, lá no Canada, Brendan Myers, Professor Doutor em Filosofia e amigo Druida, que conheci atraves da OBOD, estava escrevendo um livro entitulado: Loneliness and Revelation – A Study of the Sacred (Solidão e Revelção – Um Estudo do Sagrado).

Brendan tendo lido meu texto, pediu para citá-lo em seu livro. O que me encantou muito!
A citação está nas páginas 26 e 27, mas eu recomendo o livro todo, é claro, assim, como outros livros por ele escritos.

O livro ainda não possui versão em Portugugês, mas já pode ser comprado em inglês no Brasil na Livraria Cultura, clique aqui

 

.

Espero que gostem.

Aline Martins

 

Novo Blog… mais um?

18 out

Back View of Jane Austen, Watercolor

Jane Austen by Cassandra Austen

Olá Meninas! (e meninos…tem meninos?)

A boa notícia é que FIZ A INSCRIÇÃO daquele curso sobre a Jane Austen pela Oxford University, e já estou re lendo so livros da querida Jane.

e……

Para eu não torrar muito o saco de vocês com o mesmo assunto (porque a não ser que você seja apaixonada pela Jane Austen como eu) tudo que é demais enjoa.

Criei mais um blog! (não façam cara feia! *risos*, como diz minha querida Luciana Onofre, cada blog tem uma vida própria, visitantes queridos, e no final todos estão interligados).

O blog se chama
Chá em Chawton (porque esse nome? me faça uma visitinha lá, para um chá e te conto tudo hehehe)

Nele tem um capo para se inscrever por e-mail e ele tem twitter próprio.

Assim, vou postando lá minhas descobertas!

que acham?

 

beijinhos

Aline

Quem quer escrever um livro?

1 out

Conheço muitos amigos que escrevem prolificamente. E escrevem muito bem.
E muitos outros que querem riscar a frase “escrever um livro” do Bucket List (lista de coisas que temos que fazer antes de morrer).

Porque não 2010? Porque não em novembro?

Existe um programa chamado National Novel Writing Month,(GRÁTIS – Brasileiros gostam disso risos) e o objetivo dele é fazer as pessoas colocarem para fora aquele livro que está emperrado dentro delas!

Como? Se comprometendo ( com você mesmo, e não com o site ou com outra pessoa) a escrever 50.000 palavras em 1 mês!
Ano passado eu coloquei como meta escrever 3000 por dia, e consegui! foi muito legal! Fiz amigos que me acompanham até hoje, e isso não tem preço!

Eu participei ano passado e alguns amigos aqui até seguiram minha história em um outro blog, escrevi em inglês, uma história chamada “Where do dreams go?”, que é a história de uma menina que viaja no mundo dos contos de fadas…  a história ainda precisa de um final, ou uma sequência, mas acredito que histórias que tem pressa de achar um final, não terminam bem.

Bem, esse ano, vou escrever em Português. Vamos ver no que dá! 😉 (ainda em busca de um PLOT/ Tema)

Além disso, fui nomeada Municipal Liaison do NaNoWriMo no Brasil… o que isso significa? que sou responsável por organizar encontros para os participantes escrever juntos (write ins), festas, e assim por diante… além de incentivar as pessoas a não desistirem. Para isso, criei um usuário no twitter @NaNoBrazil . Espero que eu seja uma boa Municipal Liaison … Acho que não terei vida pessoal em Novembro risos,  Acho que novembro será bem corrido, mas um grande prazer!

Bom, me desejem boa sorte! E espero que alguns de vocês estejam com as mão coçando para participar também! vamos?

E em novembro, mãos à massa, mãos às teclas!

Aline Martins

Planos para 2011… me ajudem ;)

28 set

Está cedo para fazer plano para 2011?
As vezes acho que sim, outras, acho que não… *risos*

Financeiramente, não está cedo, pois se vou fazer tudo que quero fazer, tenho que me organizar muito bem.

1) O primeiro plano é o Reveillon que já está comprado! Vamos para Buenos Aires, eu e meu irmão 😉

Buenos Aires

(um dos pontos obrigatórios é a Livraria El Atheneo… pelo visto vou ter que praticar meu Espanglish 😉

2) O segundo plano é que quero passar meu aniversário (julho/ inverno), na estação de esqui em Pucón no Chile. (vou carregar meu irmão junto) .. se alguém quiser ir, vai se programando e vamos fazer bagunça lá!

3) E o Terceiro, que ainda preciso me decidir… (e rápido)

Faço ou não faço?


Sou apaixonada pela literatura Inglesa (nenhuma novidade né?) e estou morrendo de vontade (e um pouco de medo) de me inscrever no curso à distância da Universidade de Oxford sobre Jane Austen (e depois quem sabe Irmãs Brönte e Shakespeare).
Minha primeira dúvida é se vou dar conta da quantidade de leitura (apesar que ja li todos os livros, só terei que reler) e dos trabalho escritos mensais. (assim como a monografia ao final). E o valor de 285 libras esterlinas (775 reais) que tem que ser pago à vista!

O que eu faço? sei que é minha paixão, mas tenho tanta dúvida!

Beijocas

Aline

Final de Semana Chuvoso com John Keats

26 set

Quem dera fosse o poeta ao meu lado, mas não posso esperar que um poeta Inglês do século 19, que faleceu em seus 25 anos, apareça por aqui! Portanto, VIVA o CINEMA!

Bright Star - O Brilho de uma Paixão

Eu já conhecia as obras de J. Keats por conta da faculdade, mas sabe aquele filme, que conta a história de alguém famoso, que quando você termina de assistir, você esta apaixonado pela obra e pela forma como o personagem principal foi retatado? esse foi mais um desses filmes. Lembre de te-lo assistido em julho, no Cine Bombril, numa daquelas sessões as 2 da tarde de uma terça feira, onde só tinha eu, e mais 3 outras professoras de literatura inglesa…risos… pois é, o filme ainda rendeu um café depois dele, com direito e discutir as obras do autor. Tudo isso sem querer.

Não satisfeita em me apaixonar uma vez, comprei  DVD e assisti sábado a noite com minha mãe. Sei que nós somos suspeitas, pois amamos as adaptações de Razão e Sensibilidade, Orgulho e Preconceito e outros livros/filmes do tipo. Se você gosta também, e é uma romantica incurável, vale a pena assistir!

"Confesso que não acho seus poemas fáceis", diz ela. "Um poema deve ser compreendido pelos sentidos", explica ele.

Sinopse:

Londres, 1818. O jovem poeta John Keats é vizinho de Fanny Brawne, estudante de moda de opiniões fortes. Seus mundos não poderiam ser mais distintos. Quando o irmão de John adoece, no entanto, Fanny oferece seus cuidados. Encantado, John se aproxima da moça e se oferece para ensiná-la poesia. Os dois terminam se apaixonando, e no momento em que a mãe de Fanny e o melhor amigo de John descobrem o caso, já é tarde demais para tentarem desaconselhá-los. O casal mergulha num romance obsessivo, no qual a paixão é tão forte quanto as turbulências. Baseado em fatos reais.

O Nome Original de filme: Bright Star, é o nome da poesia que Keats faz para sua amada Fanny.

Mas a poesia dele que mais gosto é

La Belle Dame Sans Merci de Sir Frank Dicksee

La Belle Dame sans Merci
A Bela Dama sem Piedade

Oh! O que te pode estar a perturbar, Cavaleiro em armas,
Sozinho, pálido e vagarosamente passando?
As sebes têm secado às margens do lago,
E nenhum pássaro canta.

Oh! O que pode te pode estar a perturbar, Cavaleiro em armas?
Tua face mostra sofrimento e dor.
A toca do esquilo está farta,
E a colheita está feita.

Eu vejo uma flor em tua fronte,
Húmida de angústia e de febril orvalho,
E em tua face uma rosa sem brilho e frescor
Rapidamente se vai desvanecendo.

Eu encontrei uma dama nos campos,
Tão linda… uma jovem fada,
Seu cabelo era longo e seus passos tão leves,
E selvagens eram seus olhos.

Eu fiz uma grinalda para sua cabeça,
E braceletes também, e perfumes em volta;
Ela olhou para mim como se amasse,
E suspirou docemente.

Eu a coloquei sobre meu cavalo e segui,
E nada mais vi durante todo o dia,
Pelos caminhos ela me abraçou, e cantava
Uma canção de fadas.

Ela encontrou para mim raízes de doce alívio,
mel selvagem e orvalho da manhã,
E numa estranha linguagem ela disse…
“Verdadeiramente eu amo-te.”

Ela me levou para a sua caverna de fada,
E lá ela chorou e soluçou dolorosamente,
E lá eu fechei seus selvagens olhos
Com quatro beijos.

Ela cantou docemente para que eu dormisse
E lá eu sonhei…Ah! tão sofridamente!
O último dos sonhos que eu sempre sonhei
Nesta fria borda da colina.

Eu vi pálidos reis e também príncipes,
Pálidos guerreiros, de uma mortal palidez todos eles eram;
Eles gritaram…”A Bela Dama sem Piedade
Fez de ti seu escravo!”

Eu vi seus lábios famintos e sombrios,
Abertos em horríveis avisos,
E eu acordei e me encontrei aqui,
Nesta fria borda da colina.

E este é o motivo pelo qual permaneço aqui Sozinho e vagarosamente passando,
Descuidadamente através das sebes às margens do lago,
E nenhum pássaro canta.

( John Keats 1795 _ 1821 )

Os livros da minha bolsa…

26 set

True Blood (season 2)

Image via Wikipedia

O percurso de casa até meu trabalho é de em média  1.30h, já imaginou quanto eu consigo ler nesse tempo? São 3 horas de leitura diária!

Devo confessar que nos dias que saio do trabalho as 22h, vou dormindo até em casa, normalmente ao som de algo bem etéreo como Capercaillie, Loreena McKennitt (ou recentemente Florence + the machine …mas falarei disso depois)

Sabe a série sexy, ou sexy serie, True Blood ? (aliás, eu sou Team Eric to the end!) então, ela é baseada numa séria de livros que leva o nome da personagem principal Sookie Stakehouse. Então como eu não estava satisfeita em esperar 1 semana pelos episódios, e agora por sacanagem da HBO teremos que esperar 1 ANO pela quarta temporada, comecei a ler os livros, cuja versão pocket book em inglês custa a bagatela de 15 reais cada! (eles já estão sendo vendidos em português, mas custa mais de 30 reais, mais um absurdo Brasileiro).

E não é que o primeiro livro puxou o segundo e assim por diante, quando vi, estava lendo 1 a 2 livros por semana. A coleção tem 10 livros, e já estou no oitavo (pensando que não quero que termine). E devo confessar que estou gostando mais dos livros que da série da tv (mas como colírio para os olhos não faz mal a ninguém, não vou deixar de ver a série é claro *risos*)

E sabe que a Charlaine Harris até lembrou de nós pobres brasileiros em seus livros? *risos* só ainda não consegui decidir se citar garota de ipanema” na frase abaixo foi um elogio, ou não. Mas tudo bem. 😉

“O lobby estava iluminado com a luz artificial, e horrivelmente alegre com música ambiente “Garota de Ipanema” em um hotel de vampiro.”

De qualquer forma, estou me divertindo horrores com minha imaginação fértil!

Beijinhos vampiricos

Aline

Cobertor, livro, cama e…. GATO

18 set

Hoje passei a tarde fria….

… na cama, lendo, ouvindo música e sendo aquecida pela Dana (famosa gorducha, jabulani, bolinha, felinus balofus).

Quando eu disse que queria uma gata que me fizesse companhia, quem colocou ela no meu caminho, não poderia ter posto uma amiguinha melhor!

Além de ler, tomar chazinho, nós duas ficamos horas posando para fotos “de tarde fria”. Como além de falar (ela fala muito), ela adora uma foto…foi bem divertido!

Olha aí nossa arte!

Cara de preguiça

Nós fazendo caretas Oo

com cara de tédio...

A Dana versão colorida by Andre V. Martins (meu irmão)

Obs: a Dana mandou avisar, se você quiser ter um bichinho, adote, não compre. Ela foi adotada da rua. E não existe coisa mais FOFA! (literalmente)

Beijos e bom Sábado!

Aline

%d blogueiros gostam disto: