Arquivo | Outono RSS feed for this section

Citação minha em livro de Brendan Myers

23 jan

A internet opera verdadeiros milagres quando falamos de distância.

Existem pessoas que admiramos muito, pelo trabalho e estudos que desenvolvem, e quando vemos, eles estão em nossa lista de contato de facebook, twitter, ou outro mecanismo de rede social qualquer. E a partir daí, se todos os lados possuem boas idéias e papos saudáveis, sempre há muito o que compartilhar.

Em 2009, publiquei eu meu outro blog Hectic Attic , um texto sobre o que eu penso das Saudades, e uma poesia do mesmo nome.

Ao mesmo tempo, lá no Canada, Brendan Myers, Professor Doutor em Filosofia e amigo Druida, que conheci atraves da OBOD, estava escrevendo um livro entitulado: Loneliness and Revelation – A Study of the Sacred (Solidão e Revelção – Um Estudo do Sagrado).

Brendan tendo lido meu texto, pediu para citá-lo em seu livro. O que me encantou muito!
A citação está nas páginas 26 e 27, mas eu recomendo o livro todo, é claro, assim, como outros livros por ele escritos.

O livro ainda não possui versão em Portugugês, mas já pode ser comprado em inglês no Brasil na Livraria Cultura, clique aqui

 

.

Espero que gostem.

Aline Martins

 

Anúncios

Ela se foi… A Trinity, minha pretinha…

22 jan

Não vou fazer desse um post muito longo, pois não tenho condições.

Nessa manhã linda e ensolarada, minha gatinha pretinha, que amava seu banho de sol na área em frente de casa foi surpreendida pela rotweiller dos meus pais.

Tudo que ouvi foram fois gritos, minha siamesa correndo para dentro, minha mãe segurando a cachorra e eu levantando a Trinity do chão, ainda quentinha do sol, mas já mole e no momento de dor fincou suas presas em minha mão e assim morreu, no meu colo.

Estou em pranto desde as 11 da manhã, minha bebê virou estrelinha, depois de 9 anos comigo.
A Dana, minha siamesa está em estado de choque, nao saiu do lugar onde a Trinity dormia, desde o ocorrido.

Queria mil ombros, mil colos, mil abraços…mas queria mesmo minha gatinha de volta.

Ela teve uma vida muito dificil de saude, desde pequena, e não merecia partir desse jeito. Eu tinha dito à ela que ela ficaria velhinha e eu cuidaria sempre dela. Não deu.

Meu pai me enviou uma mensagem que dizia:

Aline

Não sei se li em algum lugar algo assim: “VIVEMOS O TEMPO NECESSÁRIO PARA NOS TORNARMOS INESQUECÍVEIS”

(…) É como se alguém do andar superior dissesse: “Meu filho você já fez ai sua parte, agora preciso de você aqui em cima”

Assim deve ter acontecido com a Trinity, ela é inesquecível.

Tri, trizinha, trizoca, Preta Preta pretinha… sei que nãoe starei no céu dos gatinhos cantando e dançando com você no colo, pela casa, como sempre faziamos. Mas saiba que nunca vou te esquecer.

Amo muito você, meu bebê estrelinha.

Bjs

Aline

Revelando Filmes 35mm e 120 no ABC Paulista -Lomografia

9 jan

Lomografia é um hobby que vira paixão com muita facilidade.

Mas a paixão às vezes é tão grande que ao terminar um rolo de filme, ficamos contando minutos para o resultado da revelação. O que dependendo de onde você mora, pode transformar-se em dias.

Se você for a ansioso como eu, e não mora em grandes cidades, como São Paulo e Rio de Janeiro, e sim no ABC Paulista e arredores, essa dica de laboratórios talvez te interesse. Minha busca começou nos dias entre o Natal e o Ano Novo, eu tinha que ver o resultado de um filme 35mm com certa urgência, e não tinha como ir à São Paulo (estando em Santo André).

Acabei então criando uma lista de alguns laboratórios na região, para facilitar. Já testei todos e gostei.

Santo André

Studio Lider
R Xavier de Toledo 22 – Centro
Telefone:(11) 4436-8064
Revelação em 2 a 3 horas, passa para cd, valor prox. 15 reais,
Somente filme de 35 mm

Tokcolor
R Coronel Alfredo Fláquer 87 -Centro
Telefone:(11) 4436-3322
Somente filme 35mm para 2 dias

São Bernado do Campo

Grancolor
Segunda à Sexta das 9 às 18:30
Sábados das 9 às 14hs
Av São João Batista nº 60, Rudge Ramos
Telefone: (11) 3907 6652
Revelam e scanneiam filme 35mm
Somente revelam filme 120
Revelações acontecem somente às Segundas-Feiras, mas você pode deixar seu filme e recolher depois (revelação em 1 hora).

Mauá
Megacolor -Maua Plaza Shopping
Av. Gov. Mário Covas Júnior – Mauá –Loja 09/11
Telefone: (11) 45432065 Somente Filme 35mm – passa passa para cd – aprox 10 reais.
Revelação em 1 hora.

Diadema

Megacolor – Carrefour
Av. Presidente Kennedy 635 – Loja 10
Telefone: (11)40433920 Somente Filme 35mm – passa passa para cd – aprox 10 reais. Revelação em 1 hora.

 

Agora é só bater muitas fotos e revelar!

Buenos Aires Lomografica (Diana F+ )

7 jan

Não sei vocês, mas eu tenho a sensação de que, quando a gente compra uma câmera nova, ficamos procurando motivo para bater fotos, até rezar para chover a gente reza, se é da chuva que queremos bater foto, né?

Então em minha última viagem, me armei com minha Diana F+ e filmes de vários tipos, afinal, ainda não sou experiente e não devemos confiar na previsão do tempo, além, é claro, de não saber se vamos tirar fotos internas ou externas.

Minha Diana F+ (Black Jack) está com o Back de 35mm, então na hora de escolher, uma amiga fotografa me recomendou um filme ISO 200, pois ele é bom para dias ensolarados, e funciona bem com o Flash em locais fechados.

Levei também um ISO 400 e um Slide X-Pro (que não pensei seriamente em usar porque revelação com processo cruzado é caro e ruim de achar, mas é ele que dá aquelas cores fortes e saturadas que vemos nas fotos Lomo).

Alguns dos resultados que tive foram esses, espero que gostem:

 

Jardim Botânico de Buenos Aires

Varanda do meu quarto de hotel

Monumento ao Libertador, em dia de calor (cão fez a festa no chafariz)

 

Hard Rock Cafe Buenos Aires (balcão do bar)

 

Casa Rosada

 

Prédio ao redor da Plaza de Mayo

Filmes Kodak Colorplus ISO 200 + Diana F+ , Back 35mm
O flash não foi usado em nenhuma das fotos, porém a foto interna do Hard Rock foi feita na posição “B” (não “N”) com exposição de 3 a 4 segundos.

Aline Martins

Roteiro de Viagem -7 dias em Buenos Aires

6 jan

Mapa de la red de subterráneos de la Ciudad de...

Image via Wikipedia

Em Nossa viagem, embarcamos numa terça a noite, e retornamos na terça seguinte de manhã.
Ainda tivemos que contar que por ser época de final de ano, no dia 1 de janeiro, quase nada funciona, nem os parque abrem.
Mas tivemos tempo para passear, descansar, sair a noite e fazer compras.
Antes de sairmos, conferimos guias de viagem e conseguimo um bom mapa de bolso impermeavel que inclui as linhas do Metro de Buenos Aires (escolhemos o TOP 10 Buenos Aires da Folha).

Então dividimos nossas visitas por Bairros. Como ficamos em Palermo (excelente para ficar ja que pode ir aos melhores barzinhos, baladas e restaurantes a noite a pé) e fica perto do metro, resolvemos colocar nos 2 primeiro dias os bairros mais distantes e cansativos, pois sabiamos que nos ultimos dias não teríamos pique para tal.

Abaixo, o roteiro, para conferir as fotos de nossa viagem, leia o post anteior, ou acesse os seguintes albuns do Flickr:

Going from Brazil to Buenos Aires

http://www.flickr.com/photos/ayslin1/sets/72157625635432961/

Dicas Gerais:

Metro (chamado lá de Subte)

Em 2010/11 o metro custava 1,10 pesos por viagem. A qualidade do mesmo não se compara ao de São Paulo, é muito antigo e sujo, mas te leva à maioria dos pontos turisticos.
Sempre tenha moedas com você, pois os ônibus não aceitam notas, e moedas na Argetina são artigo raro!

Ligações Internacionais e internet
Podem ser feitas em vários locutórios espalhados pela cidade, tem um a cada 2 quarteirões, e contam com cyber café.
A maioria dos restaurantes contam com WiFI gratuito.

Segurança
NUNCA: Furtos, os que não percebemos são bem comuns, poranto, NUNCA ande com coisas no bolso e mochila nas costas, os chamados “carteireiros” são bem eficientes e são capazes de abrir 2 ou 3 ziperes de sua mochila ou bolsa sem você notar.
Assaltos a mão armada são raros…
O intuito aqui não é assustar, tomando essas precauções vocês poderá andar à vontade, inclusive à noite, com a maior tranqulidade.

Taxi
Taxis são bem baratos, atravessei Buenos Aires com 30 pesos (15 reais).
Tenha sempre dinheiro trocado ao entrar no taxi, e não entregue a nota ao motorista antes de saber se ele tem troco, pois as vezes te devolvem notas falsas.
Na hora de pedir por um endereço, é costume pedir por esquinas, (como Calle Thames y Paraguay).
Os taxistas podem negar te atender, isso é bem comum, e os motivos são os mais variados, como o lugar ser muito próximo e não valer a pena para o taxista, ou ele não conhecer o local. Não se ofenda, é comum.

Roteiro Diário Iniciando Numa Quarta-Feira (note que algumas coisas só funcionam em alguns dias, como a Feira de San Telmo)

Saindo de Palermo

Quarta-feira

La Boca e Centro
(Linha D até 9 de Julio, mudar para  Linha C estação Constituicion  e taxi La Boca)

El Caminito
Rua colorida e atrativa, os artigos para turistas são mais caros lá. Lugar do nascimento do Tango.

e

La Bombonera (Estádio de La Boca)
O passeio dura cerca de uma hora, funciona de 10 a 18h e custa cerca de 30 pesos por pessoa.
Endereço Brandsen, 805

Na volta passamos pelo Centro

Catedral, Plaza de Mayo

Catedral Metropolitana de Buenos Aires e Casa Rosada
Plaza de Mayo
Metro Catedral

Obelisco
Av. 9 de julio (Avenida mais larga do mundo) com  Av Corrientes
Metro 9 de Julio

Quinta-Feira

Recoleta

Galeria Bond Street (equivalente à Galeria do Rock em SP)
Metro Callao


El Ateneo (livraria)
Av Santa Fé 1860 (prox Av Callao)
Segunda a Sexta das 10 as 7
Sabado 10 as 5

Olhamos as Lojas da Av. Santa Fé, e pegamos um taxi para

Almoçamos no  Hard Rock Cafe Buenos Aires
Av. Pueyrredón y Libertador
Domingos a Quintas:  12:00 – 1:00AM
Sexta e Sabado:  12:00 – 3:00AM

de lá a pé para

Cementerio de la Recoleta
Endereço: Junín 1760, Recoleta
Localização: em frente à praça Intendente Alvear

e
Plaza de las Naciones Unidas
Avenida Figueroa Alcorta 2977

A noite Participamos de um Pub Crawl, algo tradicional da Irlanda que chegou na Argentina com tudo.
Todas as noites ele acontece em um bairro de Buenos Aires, custa 80 pesos e inclui.
encontro em uma praça local, com pizza e Quilmes à vontade, entrada com 1 shot de bebida de boas vindas em 3 ou 4 bares, e bebidas as preços especiais, e onibus e entrada em um Night Club para finalizar a noite.
mais informações em: http://www.pubcrawlba.com/

Sexta -Feira



Palermo (Palermo é conhecido pelos parques, àreas verdes, bares boêmios e lojas de designers independentes, ou seja,  o paraíso dos Artistas)
Metro Plaza Italia

Bar Seis
armenia 1676, palermo viejo
Segunda a Sabados apartir das 8

Bar Como te extraño clara
Meia quadra da plaza serrano(serrano borges y Santa Rosa) Borges 1660 – Palermo soho
de terça a domingo

Boutique del Libro
Thames 1762 (com Costa Rica); Tel. +(011.54.11) 4833-0068
Hours: Domingo a Quinta as 10–22 pm; Sexta e Sab 10-23h

Feira de Arte de Palermo Viejo
Feira realizada todos os finais de semana a partir das 12:00h na Plaza (praça) Julio Cortázar nas interseções das ruas Serrano (Jorge Luis Borges) e Honduras ou na praça Palermo Viejo entre as ruas Costa Rica e Armenia.
Como chegar a praça Julio Cortázar:
Ônibus: Linhas: 34, 39, 55, 57, 140, 142, 151, 166, 168

Feira de Palermo Soho
Rua Jorge Luis Borges e Honduras, Praça Serrano, Bairro do Palermo.
Quarta-feira a sexta-feira das 15 a 20 hs.
Sábados, domingos e feriados das 14 a 20 hs.

Jardim Botânico
Av. Santa Fe e Av. Las Heras
Ônibus – Linhas: 15, 39, 41, 59, 60, 64, 68, 93, 118, 151, 152.
Metrô – Linha: “D” – Estação Plaza Italia
GRATIS

Jardim Japonês
Avenida Figueroa Alcorta com Avenida Casares
http://www.jardinjapones.org.ar/
Todos los días de 10 a 18 hs.
Ônibus – Linhas: 10, 15, 37, 59, 60, 67, 93, 95, 102, 108, 118, 128, 130, 160, 188
Metrô – Linha “D” – Estação Scalabrini Ortiz
Entrada 8 pesos

Zoo
Av. Las Heras e Av. Sarmiento
Terça a domingo de 9h30 a 18h
Ônibus – Linhas: 10, 12, 15, 21, 29, 34, 57, 59, 60, 64, 67, 68, 93, 95, 111, 118, 128, 141, 152, 160, 161,         188,194
Metrô – Linha: “D” – Estação Plaza Italia
Trem – Linha: Gral. San Martín – Estação Palermo
Entrada 22 pesos

Sábado (1 de janeiro para nós)

Descansamos de dia e aproveitamos para ver a largada o Rally Dakar Argetina – Chile que acontece na Av do libertador em Palermo. (Metro Plaza Italia)
À noite, Passeio por Pela Plaza de Mayo, Casa Rosada e Puerto Madero (é possivel ir da Casa Rosada ao Porto à pé, pois toda atração do porto está no Dique 3).
(Metro Catedral)

Domingo

Feira de San Telmo
É uma feira livre
nas tuas entra Rua Defensa e Humberto I, San Telmo. As lojas de artesanato e souvenirs lá são mais baratas.
Aos Domingos das 10:00 às 17:00

Monumento Mafalda
Em um banco de la calle Chile com Defensa

El Gato Negro Café -Avenida Corrientes (Centro)  no. 1669
Um lugar mágico, especializado em chás e especiarias do mundo todo.

Segunda Feira
COMPRAS (fizemos nossas compras na Calle Florida e suas Galerias e em Palermo)

Almoço no Café Tortoni – Centro

Café Tortoni
Avenida de Mayo 825
Horário: diariamente, 24 horas por dia
Tem fila para entrar e é um pouco caro, mas vale a pena, e o Tostado de Miga com Jamon e Queso é MUITO bom!

Aca Bar

Bar e restaurante com bom preço e ambiente super aconchegante com sofas e estilo retro.
Possui jogos de tabuleiro para divertir.
Super recomendado!
Rua Honduras 5733 – Palermo
Tel: 4772-0845 / 4776-3634
EXTRA

Caso tenha tempo e dinheiro, compre 2 dias de Onibus turistico, vale a pena pela conforto. Mas lembre-se de comprar via internet, pois tem desconto!

Bus tour http://www.buenosairesbus.com/

COMIDA QUE VOCÊ NÃO DEVE DEIXAR DE PROVAR

A carne de churrasco lá é chamada de Parrilla
Caso você queira comer de todas as carnes, procure restaurantes que teha a Parrillada, pois te servirão um bandeja para normalmente 2 pessoas com todos os tipos de carne.

Atente que os nomes dos cortes são diferentes do Brasil, por exemplo, o contra file lá se chama Bife de Chorizzo.
Enquanto nossa linguiça de churiço é chamada de Morcilla.

Não deixe de esperimentar as Empanadas, são assados de carne, frango ou queijo… uma delícia.

Para sobremesa, não esqueça das media lunas, que são criossants doces, e o famoso sorvete (helado) de doce de leite da Freddo.

 

Esperamos que este pequeno guia seja útil, se tiver algum duvida, é só deixa um comentário.

OBS: não vamos recomendar hospedagem, pois isso é uma questão muito pessoal. Mas ficamos em um Hostel em Palermo.

Boa Viagem

Aline Martins

Buenos Aires, para Brasileiros

6 jan

Poder dizer Mi Buenos Aires Querido, não é nem um pouco mentira!

Em Setembro de 2010, eu e meu irmão começamos  planejar nossa viagem de fim de ano para Buenos Aires.  Na mesma hora duas amigas resolveram ir.
Para entender nossa viagem, escolhemos ficar num Hostel (Albergue da Juventude), tanto porque é mais barato (7 dias com café da manhã saiu aprox. 250 reais por pessoa), e também para termos mais chances de socializar com pessoas do mundo todo. (O que value muito!).

Embarcamos dia 28 de Dezembro de 2010, pela Gol, em São Paulo e voltamos no dia 4 de Janeiro de 2011. E no final descobrimos que uma viagem bem planejada vale mais que muita excursão de agência.

Eu e meu irmão, fomos com as passagens já pagas e Hostel ja pagos. E levamos cerca de 1000 pesos argentinos cada um, e um cartão Visa e um Master (que quase não usamos, usamos mais no free shop). Não estavamos indo esbanjar, e foi o suficiente para fazer tudo o que queriamos. Visitas, Passeios, Baladas, Bares, Cafés, Bons restautantes…

Aqui estão algumas fotos dessa viagem que marcou nossas vidas, e deixou a gente além de muito apaixonados por Buenos Aires, sua cultura e povo, nos deixou com Gostinho de quero mais…

Caso queira saber nosso roteiro, com endereços e dicas do que fazer em 7 dias em Buenos Aires, Clique Aqui.

Mas antes, vejam abaixo as Fotos de Nossa Viagem (por Aline Martins e Andre Vitor Martins)

Buenos Aires Pub Crawl - Passeio por Vários Bares com bebida e pizza Inclusa, e balada no final

Casa Rosada, um passeio para ser feito de Dia e de Noite

El Caminito e La Bonbonera (estádio do Boca) no Bairro de La Boca ... Lugar onde nasceu o Tango...mas segurem suas bolsas!

Hard Rock Cafe Buenos Aires, um sonho para quem foi adolescente nos anos 90! muita comida e bom atendimento.

Cemitério da Recoleta, descanso final de Eva Peron e paraiso dos felinos em Bs As

Plaza de Mayo em frente à casa Rosada e a Catedral são Lindas

Puerto Madero, vale a pena ir à noite pelas luzes. Tem restaurantes para vários bolsos, incluindo Parillada Rodizio por 70 pesos.

AcaBar um barzinho retro em Palermo, com Mojitos e Quilmes à 18 pesos e Jogos de Tabuleiro!

El Grand Ateneo Splendid - Livraria e Cafe (ex teatro), lindo de ver e cheio de coisas para comprar

Faculdade de Direito de Buenos Aires (ao Lado da Plaza de Las Naciones Unidas e a flor de metal)

Jardim Botânico em Palermo

Jardim Japonês - Proximo ao Zoo e Botânico em Palermo - 8 pesos para entrar, conta com restaurante e cerimonia do chá

Feira de San Telmo aos finais de semana e Monumento da Mafalda (quadrinho do Quino)

Cafe Tortoni - lembra a Colombo no Rio, os preços são meio salgados e tem fila para entrar. Mas vale muito a pena! e voce pode emendar nas compras na Calle Florida

El Gato Negro Cafe... paraiso dos chás e especiarias, perdição das bruxinhas! O ar tem cheiro de magia!

Melhor Bife de Chorizzo (nosso contra filé) - Limbo Restaurante, Plaza Armenia

Não se esqueçam do sorvete de Doce de Leite da Freddo. E dica, restaurantes não incluem os 10% na conta, eles esperam que voce calcule e dê em dinheiro!

Confira no link antes das fotos os endereços e dicas completos no guia que fizemos para nossa viagem!

Boa Viagem

Aline Martins

Ceia de Natal à Polonesa no Brasil

24 dez

Uma das mais belas tradições de Natal polonês, dificilmente encontrado nesta forma em outros países, é a ceia de Natal.

Dita o costume, que seja iniciada com o aparecimento da primeira estrela no céu. É uma lembrança da estrela de Belém, que, segundo as Escrituras iria aparecer na gruta da Natividade do Senhor.

A véspera de Natal começa com um belo ritual de quebrar as hóstias de natal (opłatek), um pão branco, suave e fino como neblina, assado especialmente para esta ocasião, de farinha de trigo e água.

 

opłatek que eu e meu irmão fomos buscar na Capelania Polonesa no Bom Retiro em SP Domingo Passado

 

Durante a divisão da hóstia, todos os membros da família se desejam mutuamente festas com saúde, felizes e pacíficas. Esta é a continuação do antigo costume no qual as pessoas compartilharam o pão como um sinal de fraternidade, reconciliação, amor, amizade e paz.

O rito da partilha da hóstia teve lugar na Polônia, no século XVIII, primeiro entre a nobreza, e então rapidamente se espalhou por toda a população nas cidades e aldeias.

Em toda a Polônia, acreditava-se que o pão santo, o pão dos anjos, pode ser compartilhado com as almas de seus entes queridos já falecidos. A reminiscência dessa crença é o costume, preservado até hoje em muitos lares: à mesa de Natal é deixado um lugar vazio (para um viajante ou uma visita inesperada, que também pode ser um ente invisível do além), e em cima da mesa coloca-se um prato extra.

Em algumas aldeias continua a existir o hábito de dividir a hóstia e os restos de pratos de Natal com o gado e outros animais de estimação (incluindo as aves domésticas e cães), na crença de que a alegria do Natal deve ser alcançada por todo o mundo, como pessoas próximas e os animais fiéis a elas. Segundo a lenda, bem conhecida na Polônia, na noite da véspera de Natal, uma vez por ano, os animais falam com a voz humana. (Sempre amei essa parte, mas imagina a DANA que já não para de miar falando! risos)

A ceia da véspera de Natal, à qual sentamo-nos após a divisão da hóstia, é composta, segundo a tradição polonesa, por pratos quaresmais, cuja quantidade e tipo descrevem os costumes regionais e da casa. Em algumas casas serve-se uma ceia de Natal composta por 12 pratos, porque são tantos os meses do ano, ou mais, e de acordo com outra interpretação, porque foram tantos os apóstolos. Em outras, prepara-se um número ímpar de pratos: 5, 7 ou mesmo 11 No entanto, raramente se quantifica com exatidão os pratos da ceia de Natal. Quanto mais numerosos sobre a mesa, maior a riqueza terá a casa no ano seguinte.

Entre os pratos mais antigos, comidos na Polônia, especialmente nas regiões orientais do país, são a kutia, feita com sementes de papoula e trigo ou cevada, misturados com mel. Nas variantes mais modernas da kutia tradicional a mistura é enriquecida com uvas passas, amêndoas, nozes e pedaços de laranja. Um prato bem antigo é a geléia de aveia ou sopa de aveia ou de sementes de linho. Na ceia de Natal deveriam estar presentes também sobre a mesa batatas, pratos com repolho, ervilhas, cogumelos bem como compota de frutas secas.

A ceia de Natal atual, com jejum tradicional, é muito abundante e variada. É um pouco diferente em cada casa, dependendo da tradição da família o gosto culinário de seus membros. Na mesa tradicional de Natal polonês certamente não pode faltar a sopa de cogumelos bem como a sopa de beterraba vermelha com capeletis (recheados com cogumelos e repolho). Deve haver sempre alguns pratos com ervilhas, cevadinha, repolho azedo, cogumelos e frutas secas. Nos menus de Natal, ocupam um lugar especial, o peixe frito, principalmente peixes de água doce (geralmente carpa, lúcio ou vara) e arenques, preparados de muitas maneiras diferentes.

Iguarias tradicionais polonesas também são bolos de Natal e sobremesas. Em primeiro lugar entre estes se encontra o rocambole de papoula. Igualmente famoso é o pão de mel natalino com adição de especiarias aromáticas como o gengibre, canela, cravo e cardamomo. Uma especialidade de Natal também é um bolo tradicional de queijo, preparado de muitas formas diferentes, bem como bolos de nozes e biscoitos.

O velho costume dita que se deve saborear cada prato de Natal, mesmo aquele que não é muito apreciado. De acordo com antigas crenças e tradições, mostrava-se, desta forma, o respeitar aos frutos da terra e os pratos preparados a partir deles. Este comportamento assegurava dispensas com estoques completos e protegia contra a fome. Era dito também que a pessoa que não experimentar qualquer um dos pratos da ceia de Natal no ano seguinte terá algum benefício ou prazer.

 

Nossa árvore esse ano

 

J Such – Texto apoiado no livro de B. Ogrodowska. Polskie obrzędy i zwyczaje’. Editora Sport i Turystyka. Muza S.A. rok

Receitinhas de Natal

23 dez

Olá!

Estava eu aqui com minha mãe, ouvindo musicas alegres, e preparando a lista de compras, quando começamos a contar os pratos que vão para nossa mesa da Ceia (e alguns somente do almoço). Segundo a tradição da família da minha mãe (Polonesa), temos que ter um prato representando cada mês do ano.

E é aí que sempre colocamos alguma coisa nova na mesa.
Esse ano teremos além dos tradicionais peixes (não comemos aves e suinos na véspera, somente no dia), linguiça caseira de batata (eu vou ralar 6 kg de batata amanha! aff), e salada húngara, resolvemos fazer….

Para a noite da véspera:

Salmão ao forno com manteiga

que é bem simples e sempre elogiado:

1 posta de salmão sem a pele
sal
pimenta-do-reino

Molho de manteiga:
200 g de manteiga
3 dentes de alho picado
raspas de 1 limão
suco de 1 limão
1 xícara de salsinha picada
1 pitada de sal

Modo de preparo:

Tempere o salmão com o sal e a pimenta e leve para assar em forno médio ( mais ou menos, 180° C), preaquecido e coberto com papel alumínio por cerca de 25 min (eu forro a forma com rodelas de tomate e cebola para o salmão não grudar na forma e dar um sabor a mais)

Enquanto isso coloque a manteiga em uma panela e frite o alho, coloque a raspa de limão, a salsinha, o suco de limão, o sal e a pimenta, e reserve. Passado o tempo do forno tire o alumínio e regue com a manteiga, volte ao forno, descoberto, por mais 10 minutos ou até começar a dourar.

DICA :  ALGUNS INGREDIENTES QUE PODEM SER COLOCADOS NA MANTEIGA: ALCAPARRAS, AZEITONAS VERDES, ALICHE OU TOMATE SECO, COLOQUE NA BASE DA RECEITA E DELICIE-SE.

 

E para o dia de natal:

Salpicão de Frango Com Maionese

 

-1/2kg de peito de frango
-2 caldos de frango
-3 dentes de alho
-1 cebola média picada
-2 pacotes de batata palha
-1 lata de milho
-1 lata de ervilha
-100g de azeitonas verdes picadas
-100g de queijo prato picado em cubos
-2 tomates picados
-1 pimentão picado
-1 cebola média picada
-1 vidro de maionese grande

Frango: temperar com alho, cebola e os tabletes de caldo de frango. Cozinhar, desfiar e reserve.

Salpicão: misture todos os ingredientes, tempere como salada com
azeite e acrescente a maionese e a batata palha. Por útimo acrescente a maionese (que pode ser caseira) e decore com batata palha por cima.

 

Gente, Boas Festas, e que TODOS recebam de volta todo afeto que desejam ao próximo e mais!

E como disse Dom Roger  “Minha oração neste Natal é que cada um de nós tenha a coragem e a determinação de se esvaziar das vaidades, do senso de poder e de todo o status”.


Apaixonada pela Diana! (Lomografia)

12 dez

 

Shopping Patio Higienópolis em noite de verão

Passei dias comprando os presentes de natal do pessoal aqui em casa. Sai exatamente o que dar para cada um, já tinha coisas em mente há meses, e com amaratona de comprar terminada, me deparei com a seguinte pergunta. E eu? o que vou ME DAR?  acho que mereço, não?

Pensei num livro. E logo descartei a idéia, pois sempre compro vários. Não tem cara de presente de natal.
Perfume, vou trazer da viagem comigo. Mas tem o hobby meu que está sendo adiado e escondido no fundo da minha mente fazem meses, senão anos.

FOTOGRAFIA …Mais especificamente LOMOGRAFIA….

 

Centro de São Paulo by night

 

Aí vocês perguntam: Aline, você está louca? Lomo o quê? e que papo de Diana era aquele no título do blog?

LOMO é a sigla de Leningradskoye Optiko Mechanichesckoye Obyedinenie.

Ok, não precisa fingir que entende russo. Vamos lá! Eis a tradução: União de Óptica Mecânica de Leningrado. Essa fábrica desenvolveu a câmera compacta LC-A, que virou febre entre jovens europeus a partir da década de noventa, porque produz fotos com cores saturadas, borrões, imagens desfocadas e luzes em movimento.

Os efeitos das imagens são surpreendentes, principalmente em função dos flashes que são coloridos.

Tem muita gente fotografando bem com esses equipamentos e criando registros muito bons, atualmente tão raros, porque são analógicos e passam longe desse mundo “photoshopado” a que estamos tão acostumados.

 

O vôo dos tsurus

 

“Aos lomografos, não interessa a tecnologia do equipamento, o tamanho da objetiva ou a capacidade da câmera de fotografar com precisão o real. O que importa aqui é o olhar. É a capacidade de transformar a realidade, de experimentar, de testar todas as técnicas, de inventar técnicas novas, de modificar a câmera sem medo. A lomografia é a descoberta do olhar. Fotografar com câmeras de baixa tecnologia significa negar a ilusão de que o homem pode dominar a natureza e apreender o real de forma objetiva e clara. A utilização de técnicas experimentais e de câmeras, em sua maioria, desprovidas de qualquer possibilidade de regulagem, significa a busca de um olhar mais aberto ao mistério.” – Recife Mostra Lomo

Então, para dar asas à minha imaginação e fazer de 2011 um ano mais criativo, minha Diana F+ está encomendada e chega semana que vem …mas só poderei abrir no natal 😦

Aqui está ela:

as minhas fotos desse post são falsas Lomo, pois são digitais, e me serviram para dar o gostinho e querer comprar essa fofura!

Aqui estão algumas fotos tiradas (não por mim) com uma Diana F+


E assim que eu tiver tirado as minhas primeiras fotos (mesmo que ficarem ruins) eu prometo mostrar para vocês!

Beijos

Aline

 

Feliz Samhain! Feliz Halloween!

31 out

FELIZ SAMHAIN! (e para os mortais FELIZ HALLOWEEN!)

Esclarecendo: A principais características do Samhain é o agradecimento e a conexão com nossos ancestrais e os que amamos que não estão mais entre nós; momento de dizer adeus ao que é Velho e preparação para o novo.
Olhe velhos albuns de familia, desenhe sua árvore genealógica, convide velhos amigos e os mais velhos de sua familia a contar histórias de suas vidas e se puder, grave estas histórias.
Leia uma biografia de alguem que voce admira. Já que Samhain é um tempo de passagem para um novo período é o melhor momento para nos desfazermos de nossos medos e ansiedades em todos os aspectos de nossas vidas.

Para Celebrar….

I can see the lights in the distance
Trembling in the dark cloak of night
Candles and lanterns are dancing, dancing
A waltz on All Souls Night.
Figures of cornstalks bend in the shadows
Held up tall as the flames leap high
The green knight holds the holly bush
To mark where the old year passes by.


Eu em uma cerimônia de Samhain... em algum lugar no passado 😉

%d blogueiros gostam disto: